Os tons da mudança de estação

Previous Next

Os pessegueiros oferecem espetáculos belíssimos de flores rosa, e que se Deus quiser, darão bons frutos. As floradas de amora preta, framboesa, olho de dragão e uvaria, atraem abelhas e muitos pássaros.
As orquídeas embelezam e exalam uma fragrância maravilhosa que se espalha pelo jardim. O Manacá da Serra é lindo de se ver e suas flores brancas e rosas atraem os insetos e muitas abelhas. Um espetáculo em transformação de botões ao esplendor da florada.

Nos quintais, nos parques e nas praças, a natureza em movimento, deve ser apreciada e admirada.
O morador André Manoel dos Santos comentou a respeito do Bicho-do-cesto que tem na sua casa, que inspira e relembra sua infância e admira a genialidade da natureza desta espécie de lagarta.
Segundo ele: “ a fêmea ao sair do ovo constrói o seu “cesto” com pedaços de folhas, areias, pedras e gravetos. A lagarta une estes materiais com seda produzida por ela, conforme vão crescendo o tamanho da casa aumenta. O diferencial é que é muito interessante nesta espécie de que a fêmea não sai de seu estado de larva, apenas o macho chega a fase adulta ganhando asas e se transforma em mariposa”.
Transformações que podem ser notadas nessa mudança de estação, cercada de frio, algumas tardes ensolaradas, chuva de vez em quando, mas que promete uma primavera cheia de cores, fragrâncias e beleza. 

Flores de pêssegos
Orquídeas
Bicho-do-Cesto/Foto: A.M.S.
Jabuticabas
Jacas
Framboesas
Fotos: E.K./H.R.