Sapopemba precisa de investimentos e geração de oportunidades

Previous Next

Nas últimas décadas aconteceram grandes mudanças em Sapopemba e região. Em especial, as construções da Linha 15-Prata do Monotrilho e do  Parque da Integração, que deram utilidade aos espaços desocupados da Av. Profº. Luiz Ignácio de Anhaia Mello e aos trechos da Adutora do Rio Claro promovendo as transformações que elevaram a qualidade de vida da população e terminando com o estigma de bairro abandonado.
Os benefícios chegaram, porém o desrespeito na utilização das áreas  urbanizadas prejudica a todos. Degradação dos espaços de uso comum, com lixo, entulho e furto de equipamentos.

A estruturação do bairro é atrativo para novos empreendedores e propicia geração de emprego e renda. Melhorar o nosso bairro é o caminho para conquistar novas oportunidades.
 Ainda temos muitas demandas de saúde pública, infraestrutura, habitação, canalização do Córrego Oratório, com suas milhares de famílias vivendo em áreas de risco, enfim, no 111º Aniversário de Sapopemba, precisamos de investimentos do Poder Público para minimizar as desigualdades sociais. Vivemos a pandemia  que ceifa milhares de vidas e requer reflexão. O nosso futuro depende da superação dos desafios e das mudanças que todos estão vivendo. Com disposição, perseverança, união e trabalho teremos dias melhores para os 300 mil habitantes do Distrito de Sapopemba.

Centro comercial de Sapopemba
Foto: Elza Kamisaki

Sapopemba comemora em junho seu 111º Aniversário. História escrita com garra e determinação

Com o olhar atento percorremos o Distrito de Sapopemba e aparecem os trechos urbanizados do Parque da Integração, as unidades da Polícia Militar, o Hospital Estadual de Sapopemba, Hospital Local de Sapopemba, Subprefeitura de Sapopemba, Cartório de Registro Civil de Sapopemba e a Linha 15-Prata do Monotrilho. São algumas conquistas bravamente defendidas pelo nosso Jornal, lideranças e entidades comunitárias ao longo do tempo.

Os governantes atenderam e os grandes equipamentos públicos foram construídos e implantados.
Nessa longa caminhada não faltaram reuniões, audiências com os governantes, grandes eventos comunitários e partidários para promover o desenvolvimento socioeconômico de Sapopemba.

Hoje, o bairro está estruturado, mas ainda faltam a Casa de Cultura de Sapopemba (projeto aprovado na Câmara Municipal), a UPA Sapopemba e a UBS. Colorado/Primavera.
O distrito cresceu, favoreceu a instalação de  grandes redes e bancos, a exemplo das Casas Bahia, Lojas Cem,  agências da Caixa Econômica Federal,  Itaú e Bradesco, Caedu, Lojas Americanas, Barracão, Drogaria São Paulo, Supermercados Nagumo, Bem Barato entre outros, que fazem parte do dia-a-dia da população.
O nosso Jornal, que há 37 anos acompanha esse desenvolvimento incentiva a participação de todos os segmentos para fomentar a integração com a imprensa, lideranças e entidades para a construção de um futuro próspero.
Sapopemba é de todos que diariamente trabalham por dias melhores. Em junho, o bairro completará seu 111º Aniversário de fundação. Faça parte dessa merecida comemoração. Parabenize os 300 mil habitantes e leitores desse nosso pujante bairro. Faça sua divulgação comemorativa. Aguardamos a sua participação. 

Governador Alckmin em 04/2018
Governador Serra na inauguração do Parque da Integração em 01/2010
Mutirão de plantio de árvores no Parque da Integração em 2008
Apresentação de Dudu Nobre na festa de Sapopemba em 2019
Fotos: Elza Kamisaki

 Aniversariantes que estão nas vidas de milhares de pessoas 
São aniversariantes o bairro de Sapopemba (26/06), o CEU Sapopemba (28/06) e a Fábrica de Cultura de Sapopemba (25/06). Em outros tempos, nos meses que antecediam os aniversários eram preparadas as programações culturais pela Comissão Organizadora Pró- Festejos do Aniversário de Sapopemba e nos equipamentos públicos. O mês de junho era de muitas celebrações, com atividades educacionais, culturais e de entretenimento.
Quando acontecia a Festa de Aniversário de Sapopemba, o bairro ficava em clima de união e todos participavam com os corações fraternos. Durante 11 anos a Comissão Organizadora Pró-Festejos do Aniversário de Sapopemba promoveu grandiosos shows com Marciano, Tinoco, Tetê Espíndola, Orquestra de Cordas, apresentações culturais da USP, corais, enfim, existia harmonia e união. Estado e Prefeitura unidos para a promoção da cultura. Todos se sentiam incluídos, nos shows e quando o bolo de 200 quilos era dividido. Um símbolo de dias felizes e de um futuro melhor. Pessoas cadeirantes, idosos, jovens e crianças sentiam a felicidade e o amor fraterno. A festa acontecia com a participação de todos.
CEU Sapopemba
Equipamento inaugurado no dia 28 de junho de 2008. Homenageamos a direção e os funcionários que fazem do CEU Sapopemba, um espaço de educação, cultura e integração com a coletividade. Parabéns!
Fábrica de Cultura
de Sapopemba
Inaugurada no dia 25 de junho de 2011, foi entregue oficialmente pelo então Governador Geraldo Alckmin, em uma cerimônia memorável e muitas atividades culturais.  

CEU Sapopemba inaugurado em 28.06.2008
Fábrica de Cultura de Sapopemba abre as portas em 25.06.2011

Vista panorâmica de Sapopemba
Centro comercial do bairro de Sapopemba

Fotos: Elza Kamisaki

Apresentação cívica no 111º Aniversário de Sapopemba
Local: Av. Sapopemba, 8.327 - Horário: 11h
Seguindo as regras sanitárias deste momento de pandemia, no próximo dia 26 de junho  acontece a apresentação cívica do 111º Aniversário de Sapopemba. Programação em espaço aberto no Posto Policial, na Av. Sapopemba, 8.327,  com a execução do Hino Nacional, desfile em movimento dos veículos antigos da PM, passagem da Cavalaria e de algumas viaturas. Sem aglomeração e com proibição de distribuição de produtos.
A Sessão Solene da Câmara Municipal alusiva ao 111º Aniversário acontece virtualmente. A iniciativa é da Vereadora Edir Sales para marcar esse momento importante da nossa população.
O nosso jornal está programando a edição do 111º Aniversário de Sapopemba com foco no desenvolvimento do bairro. Aguardem e participem!
A programação está sujeita alteração se houver mudanças no Plano São Paulo.
Posto Policial do Jardim Grimaldi terá ato cívico
Foto: M.K.

O que você deseja para Sapopemba em seus 111 anos de fundação?
Essa pergunta é fundamental para entender o sofrimento da população de Sapopemba e a carência de equipamentos de cultura, saúde e de infraestrutura entre outros. As décadas passam, os governantes também e os cidadãos ficam aguardando que as promessas sejam cumpridas, entretanto, esbarram na tal “falta de vontade política”, porque a cidade está dividida em territórios políticos que travam o desenvolvimento socioeconômico. 
Assim, só com a ajuda de Deus, do jornalismo sério, autoridades comprometidas, lideranças e moradores aguerridos foram construídos os Hospitais Estaduais de Vila Alpina e Sapopemba, implantação do Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais, Parque da Integração e Subprefeitura de Sapopemba. Recentemente foi apresentado o Projeto de Lei para criação da Casa de Cultura de Sapopemba, de autoria do Vereador Gilson Barreto.
Veja o que pensam os moradores: 
Iniciamos nossas colocações com editora Laura Kamisaki, a respeito da Casa de Cultura de Sapopemba e opiniões de moradores sobre as principais necessidades de Sapopemba, quando se comemora o 111º Aniversário de fundação.
Casa de Cultura de Sapopemba
“ Ao longo dos anos incentivei a realização de eventos culturais em nosso bairro. No Aniversário de Sapopemba foram onze anos promovendo os artistas regionais, dando acesso à cultura a milhares de moradores e sobretudo, tendo a participação da Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana e representantes de todas crenças religiosas. Os momentos eram de engrandecimento de sentimentos fraternos, de promoção da igualdade que faziam de todas as vozes, uma única, em torno do coração solidário. O Governo do Estado e a Prefeitura sempre estiveram presentes na propagação da cultura regional”, afirma Laura Kamisaki.
O Projeto de Lei para a criação da Casa de Cultura é um marco para que verdadeiramente os moradores do bairro de Sapopemba sejam contemplados, porque os equipamentos culturais estão distantes há 7 quilômetros dos cidadãos, que residem no início do distrito na Vila Belém.
Os CEUS Sapopemba, no Jardim Sapopemba, CEU Rosa da China, no Jardim São Roberto e a Fábrica de Cultura de Sapopemba, na Fazenda da Juta que ficam distantes e afastados daqueles que residem na Av. Sapopemba altura do 5.000, comentou Laura.
A editora estará conversando com as autoridades sobre a instalação da Casa de Cultura de Sapopemba para atender milhares de habitantes.         
UBS Colorado/Primavera
Moradora na Vila Primavera há 42 anos, Cidalisa de Lima, 65, enfermeira, lamenta que a construção da  UBS Colorado/Primavera, ainda não saiu do papel. Segundo ela, a falta de um equipamento prejudica mais de 20 mil moradores que estão sem atenção básica de saúde.
“Pela construção da UBS foram entregues ofícios à Secretaria Municipal de Saúde e Subprefeitura de Sapopemba”, diz Cidalisa. As promessas são muitas e o Secretário Edson Aparecido assumiu esse compromisso diante das lideranças de Sapopemba quanto as construções da Unidade Básica de Saúde Colorado/Primavera e da UPA Sapopemba, que constam na programação do órgão, mas que até o presente momento estão pendentes. 
Núcleo de  Convivência de Idosos  
A moradora Odúlia Martinez, 83 anos, artesã,  comenta que devia existir um espaço de convivência destinado aos idosos, onde houvesse uma biblioteca, oficinas de artesanatos e orientação, através de palestras em Sapopemba.  Além de aulas de condicionamento físico orientadas por profissionais habilitados. “Passando a pandemia é preciso incentivar a prática esportiva à população idosa”, afirma Odúlia.  M.K.